Páginas

domingo, 5 de agosto de 2012

1

Confraternização de Inverno dos Professores 2012

Para encerrarmos nosso 1º semestre de 2012, na quarta-feira, dia 18 de julho, os professores do Miguel Gustavo e da Escola Bela Vista, em atividade conjunta, foram conhecer um pouco mais da Colonização Italiana no nosso Estado. O roteiro chamado de Caminhos da Colônia, deve o  seguinte desdobramento:

Saímos de Sapucaia do Sul, com destino à Caxias do Sul, para visita a Igreja São Pelegrino, para apreciarmos as obras do artista Aldo Locatelli. Após, saída para a Casa de Pedra, um museu de ambiência italiana.

Seguindo, visitaremos a Vinícola Zanrosso, num lugar com muito verde e oportunidade de conhecermos uma vinícola familiar, que esta com muitos troféus, pela qualidade de seus vinhos.

Já perto do meio dia, vamos ao almoço no Restaurante Sitio da Lagoa, no interior de Otavio Rocha. Serviremos comida típica italiana, com vinho à vontade. Este sítio fica como diz o nome, em frente a um lago, cercada de parreiras e um pomar bem cuidado. Toda a refeição é servida pela família, gente simples e atenciosa. Durante o almoço, teremos a apresentação de um gaiteiro da região.

Pela tarde, seguiremos ate o centro de Otavio Rocha, e faremos uma caminhada levando ate o Parque da Gruta, descendo uma escadaria pelo meio da mata, até chegarmos a Gruta, lugar agradável e inspirador. Ainda pela tarde, vamos ao Café da Colônia, na Cantina Tonet. Uma casa e uma vinícola escondidas no meio do parreiral. Café gostoso com produtos coloniais da região. Já no retorno, passaremos no Centro de Compras, na cidade de Farroupilha. Feito isso, voltamos para Sapucaia do Sul.







Slides: Cledir Rocha Pereira (05ago2012)

Um comentário:

Prof. Cledir Rocha Pereira disse...

Momento fraterno, cheio de significados do mundo em que vivemos do mundo que nos é possível, do mundo de nossa determinação. Tempo propicio a reflexão, repensar valores, ponderar à vida. Tempo de reacender esperanças,tempo de valorizar acertos,tempo de refletir falhas,erros ou injustiças, tempo de aceitação,tempo de reconsiderar equívocos,tempo de renovação.Tempo de reformular os sonhos,tempo de pensar no comportamento que gera comportamento, nisso prestar bem atenção. No sorriso que gera sorriso, no abraço sincero que preenche a carência da alma e alivia o insistente vazio interior que nos rodeia, nessa nossa frenética busca da felicidade. Tempo de repensarmos nossos valores e significados, tempo de convívio em harmonia e paz. tempo de granjear as boas graças da amizade, à simpatia,tempo de estabelecer e reconciliar.Tempo de clarear a escura Fé, Fé no outro, Fé em si mesmo, Fé no que buscamos e desejamos em confiança, Fé na coragem na disposição, Fé no que virá, Fé na ventura,no contentamento de sonhar, Fé na esperança,Fé no deus que nos habita, Fé em Deus.

Lufague

FONTE:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=109511